Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \31\UTC 2010

Esse post era para ser sobre minha aula prática de fotografia que aconteceu domingo de tarde em Santa Tereza. Mas como não gostei muito das fotos que tirei, não me empolguei para escrever sobre isso. Vou deixar umas fotinho só para constar…

Resolvi, então, dar destaque para o bar que conhecemos no fim da aula, Armazém São Thiago, mais conhecido como Bar do Gomes.

Quando vou a Santa Tereza acabo indo sempre no bar do Mineiro, e nunca tinha ido a esse famoso bar, que nos dá a sensação de estar voltando ao passado.

Charmoso, o lugar preserva as características do antigo Armazém que ali funcionava desde 1919. Móveis antigos e produtos do antigo armazém decoram a casa.

O cardápio é bom, chopp, vários rótulos de cerveja (bem gelada), vinho, cerca 60 tipos de cachaças artesanais de Minas, além de muitas opções de petiscos.

Todo tipo de gente circula por ali, jovens, amigos de trabalho, famílias, turistas, moradores da proximidade…

Seja sentado nas mesinhas, de pé no balcão ou até na calçada, bater um papo ali é diversão certa. Com certeza voltarei!

 

 
Bar do Gomes
Rua Áurea n º 26, Santa Teresa (detalhe, dá para chegar bem na frente de bondinho)
(21) 2232-0822.

Read Full Post »

Domingo de manhã fomos até a Marina da Glória assistir ao Grande Prêmio Brasil Class 1 de Motonáutica, patrocinado pelo Eike Batista. É como se fosse a Fórmula 1 de barcos de alta velocidade.

Na verdade não sou nenhuma apreciadora desse esporte, acabei caindo lá de paraquedas porque ganhei um convite para o camarote, o que tornou o evento bem mais interessante, lógico!

O visual do local, por si só, já é lindo. E a estrutura montada para o evento foi de alto nível. Sentamos numa mesinha bem localizada e ficamos comendo as delícias que eram servidas e bebendo várias caipirinhas.

                       

Um prato com sushis bem exóticos foi o que mais me chamou atenção, comi um mini polvo inteiro e até mãe d’água (água viva para os cariocas).

Passeando pelo local, fiquei impressionada com a função que é para fazer o deslocamento dos barcos até a água. E não é que exatamente o barco que tirei a foto, o Fazza 3 da equipe dos Emirados Árabes, foi o campeão! Até que pra quem não entende nada sobre o assunto, minha escolha foi boa!

Read Full Post »

Fim de tarde

Hoje voltando para casa pela orla de bicicleta, tive que parar para contemplar o espetáculo que a natureza estava proporcionando. A luminosidade do sol do fim do dia batendo na formação densa das nuvens e refletindo na água, com as montanhas ao fundo, parecia um quadro.

A imagem estava tão espetacular que um senhor veio falar com a gente, contando que não estava acreditando que milhares de pessoas passavam por ali sem dar importância àquele momento. E quando viu a gente registrando, ficou feliz. Ele disse que teve duas alegrias hoje: de ter a oportunidade de ver um cenário maravilhoso daqueles e de saber que outras pessoas também deram importância a isso. Muito legal!

Read Full Post »

Depois de andar de bicicleta e de um belo dia de praia, nada melhor do que comer uma comidinha leve e gostosa!

Como estava em Ipanema, fui ao Doce Delícia, que pra mim é um dos melhores nesse estilo. E agora após a reforma que ampliou o restaurante ficou melhor ainda, pois não tem tanta espera. E a nova decoração ficou bem legal.

Além do cardápio com opções super gostosas, a gente pode montar a nossa própria salada, o que eu mais gosto. Com até 15 itens e um molho dá pra montar uma salada deliciosa e bem servida.

Os doces de lá também são divinos, mas dessa vez me contive.

Doce Delícia
Rua Anibal de Mendonça 55 loja B/C/D – Ipanema
(21) 2259-0239

Read Full Post »

Porto Alegre

Hoje, 26 de março, merece um post especial, pois é niver da minha terrinha querida!

Parabéns Porto Alegre!!! 238 anos!

 

 

Read Full Post »

Ouro Preto

Ouro Preto é uma cidade encantadora! Paasei um fim de semana lá com o João e um casal de amigos, foi uma delícia!

Adoro lugares com ruelas, casinhas antigas, cheia de lojinhas e restaurantes, por isso pra mim passear pelas ladeiras de Ouro Preto, tanto de dia quanto de noite, foi uma experiência mágica (tirando a dor na batata da perna sentida no dia seguinte)! O clima da cidade é muito legal, construções históricas se misturam ao agito dos estudantes das repúblicas.

Passei poucos dias lá, mas tenho boas dicas.

Para ficar indico muito a pousada que fiquei, Pouso do Chico Rei.

Ela está instalada em uma casa enorme e linda ao lado da Casa da Ópera de Vila Rica, de 1770, e em frente à Capela de Nossa Senhora do Monte do Carmo. A localização é ótima, a apenas 2 minutos da praça principal, mas em uma rua tranqüila.

A casa toda possui móveis de época e objetos de arte. Todo o ambiente faz a gente se sentir muito em casa. Só pela foto da mesa do café da manhã dá para perceber isso.

A pousada pertenceu a Lili Ebba Henriette Correia de Araújo (1907-2006), viúva do pintor pernambucano Pedro Correia de Araújo. Hoje quem comanda é seu Neto e a esposa.

Grandes personalidades por lá passaram, dando nome aos quartos, entre eles estão o pintor Alberto da Veiga Guignard, Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir que ali chegaram, com Zélia e Jorge Amado, o pintor Carlos Scliar, poeta norte-americana Elisabeth Bishop, Pablo Neruda e Vinícius de Moraes, que compôs um poema para exaltar as maravilhas do Chico Rei.

Inclusive tivemos a honra de ler um livro de visitas antigo, em que algumas dessas pessoas escreveram quando passaram por aqui.

São 6 apartamento com banheiros privativos e 3 quartos que utilizam o mesmo banheiro. Eu fiquei no quarto Pablo Neruda, charmoso e bem tradicional, com uma vista linda da cidade.

 

Comi em lugares muito bons. Seguem aí:

Pizzaria O Passo – Instalada em uma casa do séc. XVIII, no Centro Histórico de Ouro Preto, próximo à Casa dos Contos. Na parte de dentro tem ótimas mesas próximas aos janelões, e no terraço as mesinhas na rua possuem vista para o lindo jardim. Tem variedades de pizzas, massas, saladas, pães e entradas.

Chafariz – Restaurante com um bufê de comida mineira, frango com quiabo, frango ao molho pardo, costelinha, couve, arroz, tutu, tropeiro, lombo fatiado, mini lingüiça, mandioca, banana assada, farofa… Enfim, uma orgia gastronômica!

Bené da Flauta – O restaurante, instalado em um sobrado colonial, é lindo. A vista é fantástica e a comida deliciosa. O nome é em homenagem a um animador dos primeiros Festivais de Inverno da cidade de Ouro Preto, que chamava a atenção por ser o artista e a obra. Alegrava a todos com o som das suas flautas. O cara devia ser uma figura, até resolvi postar uma foto com a imagem dele.

“Assim sim, mas assim também não. Essa vida é mesmo assim, quem é muito no começo, chora saudades no fim”. (Bené da Flauta)

 

Se estiver de carro, um passeio legal é visitar uma mina que fica entre Ouro Preto e Mariana.

E se for a Belo Horizonte para pegar um vôo de volta, como eu fiz, não dá para deixar de ir ao restaurante Xapuri. O lugar é incrível, todo de madeira, a céu aberto, com um super fogão a lenha. A comida é regional e tem doces maravilhosos!

Outro lugar legal que me indicaram para conhecer e comer em BH é o Mercado Público. Infelizmente não consegui ir porque estava fechado, mas dizem que tem um prato bem tradicional, o melhor bife de fígado acebolado de todos!

Read Full Post »

Hoje passei o dia em Vitória (ES) a trabalho. Como cheguei bem antes do meu compromisso dei uma boa passeada pela cidade. É claro que em algumas horas é impossível conhecer muito, mas deixo aqui informações sobre as coisas mais interessantes que vi e fiz.

Gostei de bater pernas pelas ruas estreitas e cheias de ladeiras do centro, em especial da cidade alta, cheia de casas antigas bem conservadas. O Palácio Anchieta é lindo. Ele é a sede do Governo e está aberto para visitação.

Outro lugar que adorei foi o Santuário de Nossa Senhora da Penha. Para chegar lá tem que atravessar uma enorme ponte que liga Vitória à cidade de Vila Velha. E o santuário fica no topo de um morro. A construção é muito bonita e a vista de lá é incrível. Vendo a cidade lá de cima, até me lembrou um pouco o Rio de Janeiro, com prédios altos na beira da praia, mar, enseadas e morros enormes cheios de vegetação. Mas as semelhanças param por aí…

Almocei num restaurante bem gostoso, o Papaguth. Ele fica na Praça do Papa, que é um dos pontos turísticos da cidade, onde está o monumento da Cruz Reverente. Gostei ainda mais quando descobri que o restaurante faz parte da Associação da Boa Lembrança, sai de lá bem feliz com um pratinho a mais para a minha coleção!

                                                           

A cidade é cheia de parques, parei apenas no que eu achei mais legal, o Parque da Pedra Cebola (pela foto dá para entender o porquê do nome do parque). Lá tem espaço para prática de esportes, um espaço cultural, uma casa de meditação e um jardim oriental, além de um mirante sobre uma grande parede rochosa.  

Read Full Post »

Older Posts »