Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \30\-03:00 2010

Ontem eu e o João fomos experimentar o famoso sanduíche de linguiça do Café Gaúcho.

Localizado no centro do Rio, o lugar foi aberto por portugueses em 1935. É bem simples e não tem onde sentar. A gente come no balcão ou nas mesinhas altas que ficam dentro e na calçada. Mas vale a pena, o sanduíche é realmente excelente! No pão francês, com um molho bem encorpado de tomate, cebola e pimentões. E um chopp pra acompanhar é tudo de bom!

É uma ótima opção para um almoço rápido e barato ou um happy hour.

Rua São José, 86 – Centro
Rio de Janeiro/RJ
Tel: (21) 2533-9285

Read Full Post »

Diário de uma Paixão

Ontem assisti no DVD ao filme O Diário de uma paixão (The Notebook), com direção de Nick Cassavetes. Adorei!

O filme começa em um asilo, onde Duke (James Garnar) se propõe a ajudar uma paciente (Gena Rowlands) com problemas na memória, contando a ela uma bela história de amor sobre dois jovens, Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), que se conheceram durante as férias e foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era de uma família sem recursos financeiros. Por um ano Noah escreveu para Allie todos os dias, mas não obteve resposta, pois a mãe (Joan Allen) dela interceptava as cartas. Após 7 anos sem notícias de Noah, Allie conheceu o oficial Lon Hammond Jr. (James Marsden), que pertencia a uma família rica. Noiva do oficial o destino a fez reencontrar com Noah, levando-a a enfrentar o clássico dilema de escolher com quem passar o resto de sua vida.

É muito lindo! E o que mais impressiona é que apesar do clichê da moça rica que se apaixona pelo rapaz pobre e da certa previsibilidade da história, o filme não deixa de nos emocionar. Prepare-se para chorar!

Read Full Post »

Passamos o fim de semana passado na casa da minha querida amiga Fran, junto com os amigos Guto, Luciana e Éric e os gêmeos foférrimos!

A casa fica em Mury, na serra do Rio de Janeiro, próximo a Friburgo. O lugar é uma delícia, ainda é um pequeno vilarejo, e a casa super aconchegante. Fazia tempos que não curtia uma lareira, foi tudo ótimo!

Mas estou escrevendo para deixar a dica do restaurante que fomos lá, o Bräun & Bräun. O lugar é super acoledor. Na parte de baixo servem fondues e em cima comidas alemãs. É considerado no Brasil o restaurante com a maior variedade na carta de cervejas. Muito bom e barato.

Bräun & Bräun Restaurante e Bar
Estrada Rio-Friburgo (RJ 116) KM 72,2
Tel: (22) 2542-1338

Read Full Post »

Dica para quem quer começar bem o domingo no Rio de Janeiro: Tomar café da manhã no Parque Lage!

O café da manhã é uma delícia e o lugar é lindo!

E a casa é incrível! Uma mansão antiga que pertenceu a Henrique Lage, e em 1960 foi convertida em parque público. A cafeteria e as mesinhas para o café ficam em torno de uma enorme piscina. E ainda tem vista para o Cristo Redentor.

O Parque Lage abriga a Escola de Artes Visuais, então sempre tem trabalhos dos alunos pela casa, tornando o lugar ainda mais interessante.

E depois é obrigatório um passeio pelos jardins, que fazem parte do Parque Nacional da Tijuca. Ao contrário do Jardim Botânico, que é todo organizado, aqui a vegetação é bucólica e as construções são bem rústicas. Além da grande variedade de plantas, encontramos várias cavernas artificiais, aquários incrustados nas paredes de uma pequena gruta, um castelo, enfim  vários cantos legais.

Parque Lage
Rua Jardim Botânico, 414
Rio de janeiro/RJ
Tel: (21) 32571800

Read Full Post »

Aula de canto

Ontem voltei para as minhas aulas de canto!

Em primeiro lugar quero deixar claro que não tenho a pretensão de virar cantora, eu simplesmente adoro cantar e queria melhorar minha voz.

Mas as experiências com a aula de canto foram muito além de uma diversão. A cada aula percebemos o quanto é importante o conhecimento do corpo, a atenção com a respiração, a dicção de cada palavra…

Já dizia o velho ditado: “Quem canta seus males espanta!” Saio da aula como se tivesse saído de uma terapia, a sensação é maravilhosa.

E tudo isso ainda é mais fácil de alcançar com a ajuda da excelente professora Letícia Carvalho. A Letícia é filha de músico e canta desde pequena. Já foi vocalista da cantora Alcione, integrante do Grupo vocal Celacanto, crooner do Grupo Batacotô, participou do Cabaré Filosófico de Domingos Oliveira, faz shows cantando Edith Piaf (eu assisti e amei!) e agora lançou um CD.

Fica aqui o contato da Letícia pra quem quiser se arriscar a cantar um pouco também!

Letícia Carvalho
Rua Nascimento Silva, 4/1601 – bloco B – Ipanema
Tel: (21) 22475640 / (21) 99679808

Read Full Post »

Barrela

Ontem fui com os amigos Antônia e Nando assistir à peça de teatro Barrela, na Casa do Mercado 45. Texto de Plínio Marcos, direção de Paulo Giannini, com o Grupo Nós do Morro.

Barrela é a primeira peça escrita por de Plínio Marcos, em 1958, e já foi censurada diversas vezes. Cinquenta e dois anos depois o texto não pode ser mais atual!

A peça mostra uma noite passada em uma cela de presídio. Inúmeros conflitos acontecem, o que é agravado com a chegada de um novo prisioneiro, um garoto de classe média, que acaba sendo violentado pelos colegas.

É forte, e exatamente por isso que ficou boa. Demonstra da forma mais real possível o cotidiano no cárcere. Vários homens dividem um minúsculo espaço dando ao público a sensação de estar olhando para dentro de uma cela de verdade.

A frase final talvez seja a mais chocante: “É, mais um dia…”.  Nos damos conta de que tudo que aconteceu durante a peça ocorreu em apenas uma noite e que a maioria daqueles que estão presos viverá aquilo por anos…

Read Full Post »

Stereo Mood

Esses dias lendo um blog que eu gosto (Tem a ver Comigo) vi um post sobre o Stereo Mood. Adorei! Por isso resolvi deixar a dica aqui também.

O Stereo Mood é uma rádio online (www.stereomood.com) onde a gente escolhe as músicas de acordo com o estado de espírito ou com a atividade que está fazendo. As opções são diversas e criativas, vão desde as mais comuns como “Happy” (feliz), “Sad” (triste), “Romantic” (romântico), “relax” (relaxar) até situações como “Dressing up” (vestindo-se), “thinking” (pensando) “It’s rainning” (Chovendo), “Candle it dinner” (Jantar à luz de velas). E a seleção musical é muito boa. Já ouvi vários tipos de humor e descobri novos sons bem legais. Dá pra deixar rolando direto no computador.

Read Full Post »

Aproveitando o embalo de nova York vou deixar mais uma dica imperdível: assistir a um show de Jazz!

E acho que fui num dos melhores lugares de Jazz da cidade, o Village Vanguard (178, Seventh Ave. com 14th St).

Desde 1935, nesse pequeno clube, é que os gigantes do jazz se apresentam. Na descida de uma estreita escada, com mesas apertadas, um palco minúsculo e um som maravilhoso, é exatamente o clima do verdadeiro jazz! Amei!

No Carlyle Café (35 East 76th St.), que é super tradicional, também tem shows de jazz, e nas segundas-feiras Woody Allen sempre toca.

Não assisti ao show, pois não estava em NY na segunda, mas conheci o lugar, que é bem legal.

La Esquina – 106 Kenmare St.

O La Esquina é um restaurante Mexicano no Soho.  De fora só se vê uma lanchonete pé sujo. Mas depois que se passa pelo segurança, desce para o subsolo e passa pela cozinha (isso mesmo!), ai sim, entra no restaurante, que fica embaixo da rua. Tem um ambiente transado e divertido, cheio de gente bonita e celebridades. Só entra com nome na lista.

The Spotted Pig – 314 West 11th Street.

Um estilo mais alternativo. Com vários ambientes. Servem almoço e janta, mas dá pra ir simplesmente pra beber e encotrar os amigos. Fica lotado!

Read Full Post »

Quem vai a Nova York sabe bem todos os pontos turísticos e museus que tem que ir, além de todas as lojas incríveis que existem por lá. Por isso aqui vou deixar a dica que considero mais importante, de bares e restaurantes legais.

Vou começar pelo bairro que mais gosto de bater pernas, o Soho e arredores. De dia ou de noite o Soho é sempre um passeio bom, cheio de lojas, ateliês, bares e restaurantes, gente bonita e moderna.

Balthazar – 80 Spring Street (entre a Broadway e Crosby St.)

Acordar e comer um brunch no Balthazar é tudo de bom! Ele é um clássico de NY. Está sempre lotado. A comida é ótima e o ambiente é muito legal. Serve café da manhã, almoço, lanche e janta.

Lupa Osteria Romana – 170 Thompson Street (entre Houston e Bleecker St.)

Restaurante italiano. É um dos meus preferidos. O dono é o famoso chef Mario Batali. É legal de ir jantar. Bonito, com um ambiente descolado e acolhedor. Fica bem cheio, é bom fazer reserva ou chegar bem tarde. Mas ficar aguardando no balcão tomando um vinho e comendo um Parma também é uma delícia. A comida é excelente e o preço é bom.

Bar Pitti – 268 Avenue of the Américas (entre Bleecker e Houston St.)

Também dos meus preferidos. Além do cardápio normal pergunte pelos especiais do dia. Adoro o clima do lugar, simples, mas bem charmoso, os garçons italianos são divertidos, e é super badalado. Várias celebridades passam por lá.

 Detalhe importante: eles não aceitam cartão de crédito.

O Bar Pitti fica do lado do também famoso Restaurante Da Sivano. Nunca fui, mas dizem que é ótimo.

Pastis – Little West 12th Street.

Amei! É do mesmo dono do Balthazar, e o lugar, inclusive, tem o mesmo estilo. É restaurante e de noite fica também meio bar. Vive lotado. Não sou de tomar drinks, mas estavam fazendo uns tão incríveis que acabei tomando três deliciosos! A comida também é ótima.

 

Cipriani – Tem vários na cidade, mas o mais badalado é o do Soho (376 West Broadway, entre Spring e Broome St.)
Fica lotado, dificilmente se consegue uma mesa. Mas vale a pena ficar no bar curtindo, olhando o movimento e tomando um belini (o melhor que já tomei)!

Corsino – 637 Hudson Street

Esse restaurante foi uma ótima surpresa. Aberto recentemente no West Village, o Corsino serve pratos italianos com preços modestos. Os crostinis e uma língua italiana que comemos de entrada estavam deliciosos. Os pratos principais também são excelentes. O ambiente é simples e aconchegante. Todo de madeira e vidro, onde dá pra ficar observando o agito do bairro.

 Lá descobri que eles tem outros restaurantes, deixo aqui as dicas:

– ‘inoteca, vino, cucina e liquori bar: 323 Third Avenue at 24th Street
– ‘inoteca, vino e cucina: 98 Rivington Street ,Corner of Ludlow
– ‘ino: 21 Bedford Street, entre 6th Ave & Downing

 

Barollo – 398 W Broadway (entre Spring e Broome St.)

Restaurante Italiano. As massas são deliciosas. Num dia bonito dá para almoçar no jardim com cerejeiras.

Magnolia Bakery – 401 Bleecker Street

Numa esquininha do West Village, meio escondida fica essa doceria. Achei ela pelo cheiro delicioso que se espalhava pela rua e depois pelo movimento intenso na frente do local.  Parece aqueles lugares de desenho, com bolinhos incríveis na vitrine! Fresquinhos, coloridos e deliciosos, fazem tanto sucesso que chegam a assar 20.000 unidades por dia! É lá que Carrie e Miranda devoravam cupcakes em “Sex and the City”.

Saindo do circuito Soho/Vilage tenho alguns restaurantes pra indicar:

 Café Boulud – 20 East 76th Street (entre Madison e 5th avenue)
É uma ótima opção para experimentar a comida do famoso chef francês Daniel Boulud’s, em um  ambiente é sofisticado, mas bem mais informal e com preços mais razoáveis do que o Restaurante Daniel.  Realmente a comida estava maravilhosa.

Jô Jo – 160 E 64 Street (entre Lexington e 3rd. Ave.)

Numa portinha escondida está esse pequeno e aconchegante restaurante. No almoço o menu com entrada, prato principal e sobremesa sai por U$ 26,00. E é muito bom!

Nello – 696 Madison Avenue

Este é um clássico! Restaurante italiano maravilhoso, mas foi o mais caro de todos. Quando o dia está bom eles abrem toda a porta de vidro e colocam várias mesinhas na rua. Vários famosos circulam por lá.

Comidinhas gostosas para um almoço rápido e barato:

Dean & Deluca– Tem vários endereços espalhados por NY. É daquelas lojas maravilhosas cheias de petiscos, iguarias e lindos presentes para quem adora cozinhar. Os sandwichs são deliciosos.

 

Gray´s Papaya e Nathan´s –  Eu amo cachorro-quente e esses dois são famosos e deliciosos. Também tem vários endereços pela cidade. O lugar é feinho, mas vale a pena.

Read Full Post »

Avenida Q

Hoje assisti à peça de teatro Avenida Q, de Charles Möeller e Claudio Botelho. Adorei!

Essa versão brasileira do musical da Broadway conta a história de um jovem recém formado que parte em busca de um rumo para a sua vida. Ele aluga uma casa na Avenida Q (distante da Avenida A, onde moram os ricos), um lugar onde convivem em harmonia os mais diferentes tipos de gente, como a monstra assistente de jardim de infância, a japonesa terapeuta sem clientes casada com um comediante desempregado, um gay enrustido, a fogosa Lucy de Vassa, os ursinhos do mal, o monstro viciado em internet e um astro decadente da televisão.

É um espetáculo bem diferente, mescla personagens humanos com bonecos manipulados pelos atores.

E os atores estão perfeitos na manipulação dos bonecos, eles encarnam totalmente o personagem. E ainda cantam muito bem. Os bonecos Lucy de Vassa e os ursinhos do mal simplesmente matam a pau!

O texto é legal e trata de assuntos polêmicos de forma politicamente incorreta com um humor incrível.

A peça está no Rio de Janeiro, no Teatro Carlos Gomes.

Vale a pena!

Read Full Post »

Older Posts »