Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Viagem Europa’ Category

Dica especial para quem vai a Innsbruck, capital do Tirol, na Áustria.

A cidade é encantadora, rodeada pela beleza dos Alpes, com seu centro histórico, situado na margem do rio Inn. Em algumas horas é possível conhecer os principais pontos turísticos, como o Goldenes Dachl (o telhado de ouro), a Catedral e a igrela “Hofkirche”.

Bom, minha dica especial é sobre o hotel que fiquei, a Pensão Frau Hitt. Mas já aviso, só se hospede lá se estiver de carro, pois fica um pouco longe do centro, mas vale muito a pena. Uma casa de madeira super aconchegante, com poucos e bons quartos, bom atendimento e uma vista maravilhosa.

E o melhor ainda é que bem próximo do hotel tem um restaurante muito gostoso.  

Anúncios

Read Full Post »

Os lugares da Costa da Ligúria são simplesmente o máximo!!!

O mais conhecido é Portofino e por isso o mais caro também. A dica para quem não quer gastar muito com estadia é ficar em Santa Marguerita. Fiquei no Hotel La Vela, um castelinho, bem localizado e com preços acessíveis.

Santa Marguerita é linda, tem o mesmo jeito de Portofino com aquelas casinhas coloridas. Também tem bons restaurantes e lojinhas.

De lá saem passeios de barco para vários lugares. Eu fiz um passeio que passou por Portofino e San Fruttuoso. Uma delícia!

No outro dia fomos fazer um passeio por Cinque Terre. Para esse lugar não tenho nem palavras, é simplesmente incrível!Não é  a toa que virou Patrimônio Mundial da Unesco.

São cinco localidades em um acidentado trecho de terra.  Manarola, Riomaggore, Vernazza, Monterosso e Coniglia. Não sei dizer qual é o mais lindo! O acesso mais fácil para se chegar em Cinque Terre é de trem. E por lá pode-se fazer o trajeto entre elas de trem, barco ou a pé. Eu fiz um pouco de cada para conhecer.

As construções coloridas sobre os precipícios, a vista inacreditável dos vilarejos pendurados sobre o lindo mar azul turquesa, as montanhas repletas de plantações, tudo isso torna esse lugar mágico. Uma das atrações mais interessantes é percorrer a pé a estrada do amor (via dell’amore), que liga os cinco vilarejos. No decorrer da trilha encontramos vários cadeados que os casais colocam com os nomes gravados pra selar seus amores.

Em qualquer uma das cinco localidades pode-se degustar os pratos típicos da cozinha ligure.

Eu montei minha base em Santa Maguerita e de lá saia para fazer passeios. Mas é possivel hospedar-se em qualquer um dos cinco vilarejos.

 

Read Full Post »

Passei pouco tempo em Mônaco, fiz praticamante os programas essenciais, dei uma volta por toda a cidade e conheci o famoso cassino de Monte Carlo.

Mas deixo aqui a dica de um restaurante ótimo que almoçamos, Star N’ Bars. Ele fica no meio da pista de corrida de Fómula 1. O lugar é legal, com um visual para o Yach Club de Monaco, a comida é excelente e som é ótimo.

  

Read Full Post »

Aqui vou deixar algumas dicas para uns dias na Provence

Aigues-Mortes, Arles, Avignon e Marsselle são os lugares da Provence por que passei. E a melhor maneira de percorrê-los é sem dúvida de carro, pois tão lindo quanto cada cidade são as estradas que as ligam. Repletas de plantações de lavandas, girassóis e uvas, dá vontade de parar o tempo todo para apreciar e tirar fotos!  

Aigues-Mortes é uma cidade fortaleza.  Vale muito pena dar uma paradinha para visitar essa pequena e charmosa ciadezinha. É possível conhecê-la em algumas horas.

É uma graça cheia de lojinhas e restaurantes.

 

 

Arles, de todas as cidades da Provence foi a que mais me encantou!

É uma cidade murada. Charmosa e bem agitada, caminhar por suas ruelas, no meio de casinhas e predios antigos é uma delícia!

 Cheia de mercados e feirinhas de rua, bares, restaurantes e lojinhas, não faltam coisas para se fazer. 

 

Uma das principais atrações de Arles é o Teatro Romano, que parece um pequeno Coliseu.

 

Van Gogh viveu em Arles por alguns anos. Foi lá que ele pintou os fomosos quadros do girassol e do auto-retrato com a orelha cortada. Além da Fundação Vicent Van Gogh, lá podemos conhecer sua casa e o hospital onde ficou internado, o qual também foi retratado em um quadro. E é claro, lá se bebe muito a sua bebida favorita, o absinto. 

 

Saindo da cidade encontramos a ponte Van Gogh, que também virou um de seus famosos quadros.

Dentre as cidades muradas que conheci na França Avignon é a maior delas, e talvez por isso perca um pouco do charme. Mas não deixa de ser bonita. É cheia de lojinhas e restarantes para conhecer.

O problema dessas cidadezinhas é que tudo fecha cedo. Nós que chegamos tarde lá a única coisa que restou aberta foi o Mc Donalds.

Bater pernas e conhecer cada cantinho da cidade é o melhor programa.

Bem no centro fica o principal ponto turistico da cidade, o Palácio do Papas, que foi residência dos papas na Idade Média.  

Outro ponto interessante é a ponte St-Bénézet, mas esta ja fica do lado de fora dos muros. Hoje só restam quatro dos vinte e dois arcos que possuía.

Marseille está localizada na costa do mediterrâneo e possui o maior porto comercial do país.

Sinceramente, não esperava muito de Marseille e acabei tendo uma ótima surpresa, pois a cidade é linda. Passear pelo calçadão enorme, cheio de bares e restaurantes e com o visual dos barcos atracados é muito bom. 

Caminhando pela cidade avistamos a Notre Dame-de-la-Garde, que fica no topo de uma montanha. Resolvemos ir conhecê-la (achando que a tarefa seria fácil). Subida e mais subida e parece que não chega nunca. Mas quando se chega lá em cima, o visual compensa todo o esforço, é muito lindo. Uma vista panorâmica de toda a cidade!

Por fim, uma dica importantíssima, estando em Marseille tem que experimentar a Bouillabaisse, que é uma sopa de peixes. Em outros lugares até é possível encontar essa sopa, mas a de Merseille é a verdadeira, pois é feita com um peixe típico da região.  Diversos restaurantes que ficam na calçada de fente para o mediterrâneo oferecem esse prato. Vale a pena!

Read Full Post »

Dicas básicas de Barcelona: passeio pelas Ramblas e pelo Passeig de Gracia, famosas avenidas cercadas de árvores, cheias de lojas, restaurantes e construções de Gaudí. 

E por falar em Gaudí, imperdível conhecer suas excêntricas obras arquteônicas, Como a Casa Milá (La Pedreira), La Sagrada família, Casa Batlló e Parque Guell.

 

 

 

A Fundação Joan Miró também merece uma visita.  Situada no Parque de Montijuic, foi criada pelo próprio Joan Miró e guarda diversos trabalhos do artista.

 

Vale muito dar uma passada no mercado municipal La Boqueria. Um universo de cores, cheiros e sabores, é um verdadeiro mergulho na cultura catalã.

 

No fim da tarde, programa imperdível é ir até a Plaza D’Espanha. Ela por si só já é linda, mas de tardezinha acontece um show de água, luz e som. É lindo!

 Barcelona é cheia de bares e restaurantes gostosos, mas deixo aqui uma indicação que adorei, La Muscleria. É um restaurante de mexilhão. Eles servem em panelinhas com diversos tipos de molhos, uma delícia. O lugar é uma graça, e ainda por cima é barato. Vale a pena!

Read Full Post »

Espanha – Madri

Caliente Madri! Seja pela agitação da cidade, seja pelo calor quase insuportável da cidade em agosto.

A cidade é linda, cheia de parques e jardins, que no verão dão lugar a shows musicais e apresentações de flamengo, virando ponto de encontro onde as pessoas passam horas estiradas no sol. 

Para mim os mais bonitos são o Parque de El Retiro e o Jardines de Sabatini, que abrigam o Palácio Real, residência oficial do rei. 

São também programas imperdíveis percorrer a Gran Via, apreciando as belíssimas construções e as fontes espalhada pela cidade, passear pela Plaza Mayor, Plaza de Espanha, Plaza de Cibeles, Plaza de Los Toros e Puerta del Sol, onde se encontra o quilometro zero da cidade e a famosa escultura El Oso y el Madroño (O Urso e o Árbuto).

              

Vale a pena entrar na Plaza Monumental de  Toros de Las Ventas e assistir a algumas touradas. É a maior arena de touradas da Espanha. Programa tradicional, onde os mais famosos toureiros são aplaudidos por um público vibrante. Olé!!!

A cidade também é berço de museus com acervos espetaculares. Entre eles o Museo del Prado, que é o mais importante da Espanha com obras de Goya e Velazquez; o Museo Reina e Sofia, de arte contemporânea com obras de Dalí , Miró e  Picasso, com sua famosa Guernica e o Museo Thyssen-Bornemisza, onde podem ser vistas obras de Renoir, Picasso, Caravaggio, Matisse, Chagall… 

 

Em meio a tantos restaurantes bons em Madri, o Museo de Jamón é uma ótima pedida para um lanche rápido, barato, gostoso e bem típico.

O Museo del Jamon é uma rede de lojas especializadas em Jamón (presunto tipo espanhol) e possui vários restaurantes em Madri. Duzias de pernis pendurados no teto decoram os restaurantes. Lá eles preparam comidas e sanuíches deliciosos e também o  famoso Jamón.

Madri tem uma vida notuna efervescente, cheio de bares, clubes e louges. Mas não e pode deixar de ir a  um show dança flamenca.  Como não gosto de ir a casas turisticas, procurei por um lugar bem típico e encontrei a Casa Patas. Pequena e conchegante tem um ótimo show de flamenco e ainda serve tapas e sangria excelentes! Adorei!

Read Full Post »

A um tempo atrás eu e o Joao decidimos viajar por 30 dias pela Europa. Avessos a excursões e planejamentos, montamos uma idéia de roteiro (com a ajuda do nosso amigo Beto da STB que sempre dá ótimas dicas), alugamos um carro e fomos!

A viagem foi incrível, por isso deixo a dica do roteiro:

Espanha – Madri
Espanha – Barcelona (chegamos de avião)
França – Perpignan (chegamos de trem. Aqui alugamos o carro)
França – Aigues-Mortes
França – Arles
França- Avignon
França – Marseille
França – St-Tropez
França – Cannes
França – Nice
França – Monaco
Itália – Costa da Ligúria – Santa Marguerita/Portofino
Itála – Cinque Terre
Itália – Pisa
Itália – Florença
Itália – Costa Amalfitana – Positano
Itália – Capri
Itália – Pompéia
Itália – Roma
Itália – Veneza
Itália  Pádua
Áustria- Innsbruck
Alemanha – Munique
Suíça – Zurich
Suíça – Lucerna
França – Strasbourg
França – Epernay
França- Paris (entrega do carro)
Abaixo, nosso roteiro:

Read Full Post »